Elementos naturais, como bambu e pedras,  objetos plásticos, metalizados e de papel reproduzem instrumentos musicais espalhados no pátio do Colégio Vértice, no Campo Belo. O cenário sonoro propõe que a criançada reconheça os sons, as notas musicais e faça melodias.

A atividade faz parte do projeto Brincar da Educação Infantil. Todos os dias – de segunda a sexta-feira, durante 30 minutos – 300 alunos, de 3 a 5 anos, vão ao pátio, em horários alternados. No espaço, os pequenos brincam com inúmeros objetos e jogos, criam histórias, se fantasiam e criam jogos simbólicos que reproduzem a vida adulta.

No programa, o pátio ganha nova temática a cada dois meses. Tecidos, cordas, garrafas pets e embalagens Tetra Pak já criaram um cenário sustentável. As clássicas brincadeiras de cozinheiro, médico e cabeleireiro também tiveram vez.

“O pátio é palco de interação social, é ambiente de aprendizagem, por isso deve ser explorado”, afirma Maria Helena Costa, diretora da Educação Infantil do Colégio Vértice. “Em um cenário colorido, com brinquedos, objetos simbólicos e muita sucata, as crianças fazem leitura de mundo, assumem diferentes papeis, aprendem a respeitar o outro, a lidar com regras e resolver conflitos. As brincadeiras são livres, criadas pelas crianças, e as professoras coordenam as atividades, participando ativamente das brincadeiras propostas pelos alunos”, completa.

Segundo a pedagoga, a brincadeira é fundamental para o desenvolvimento integral da criança. “É nosso papel também sensibilizar e mobilizar as famílias sobre a importância do brincar com seus filhos”. Para incentivar a prática de atividades recreativas, a Educação Infantil do Colégio Vértice montará um painel com fotos das crianças brincando com seus pais, durante a Semana Mundial do Brincar, de 21 e 28 de maio.

Até o próximo post.

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn