Exclusão no Ambiente Escolar!!

Oi, como estão?

Vamos falar de algo que tenho vivido praticamente todos os dias? Um assunto um tanto quanto delicado, mais que incomoda não só a criança que passa por isso, como também seus familiares.

‘Exclusão no Ambiente Escolar’ parece impossível, mais é muito mais comum do que se imagina. Como lidar quando uma situação dessa acontece?

Como pode crianças de cinco, seis anos estarem fazendo isso.

Há dias venho adiando este assunto, infelizmente no colégio da minha filha isso tem se tornado uma rotina, ela ouve frases do tipo:

‘A você não pode brincar’

‘Você tá excluída do meu grupo’

‘Você precisa ser magra pra ficar no grupo’

‘Hoje você não vai brincar porque não é fada’

‘Não sou sua amiga’

Oi? Onde estamos, que em pleno século XXI crianças que deveriam estar todas brincando juntas, falam absurdo desses.

Eu ensino aos meus filhos que temos que ser amigos de todos, se não gosta de brincar com o coleguinha, temos que ter respeito e deixar sim participar das brincadeiras, afinal somos diferentes um do outro e isso tem que ser respeitado, mais quando você ensina isso, e o que fazem com sua filha é diferente, você começa a se sentir mal em ver uma parte de si, não querer ir ao colégio.

Se para um adulto exclusão não é fácil, imagina para uma criança. Como explicar a ela quando vem cheia de perguntas:

Mamãe hoje na hora da saída, fui brincar com elas, e elas não deixaram, sentei ao lado da minha mochila e fiquei.. 

Dói o coração ouvir isso de um filho seu não dói ? Tentei explicar, conversei, ela por hora esqueceu.. Mais chorou e pediu para não ir mais ao colégio.

Diga não a Exclusão, ensine nossas crianças que sim, somos diferentes, porém podemos respeitar à todos!

É um assunto muito sério, que iremos conversar mais..

Por hora é só.

Até o próximo post.

 

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Anteriores

LG sugere Receitas para o Dia das Mães.!

Próximo

Marca Marisol é patrocinadora no Dia do Brincar!!!

6 Comentários

  1. Olá Su, infelizmente as crianças não são tão boazinhas como a gente pensa…elas gostam de provocar o outro!!Cabe a equipe escolar estar atenta e promover a boa relação do grupo!! Já vivenciei vários momentos assim na creche e a intervenção do professor é essencial!! Já pra Bia, sempre ensinei que ela até podia ficar triste na hora, mas o melhor a fazer é buscar outros amigos para brincar!!
    Boa sorte com a sua pequena!!

  2. Beth Brito

    Poxa, que barra! Essa idade é fogo e muitas mães nem imaginam que os filhos estejam passando por algo assim. Super importante apoiar o filho e fazê-lo se sentir importante, independente dos colegas de escola.

  3. Vivi muito isto na antiga escola do meu filho. Hoje ele já esta em outra e o aspecto mudou, ele tem muitos amigos e sempre esta incluso nas brincadeiras,
    Não consigo entender como as crianças adquirem isto ao perfil (obs: acredito mesmo que ela não decidem ser assim sozinha ) acredito que é uma influencia dos PAIS, ESCOLAS e outros fatores. Foi a conclusão que consegui chegar com o pablo.
    Acho que as professorar devem notar isto como algo que não é interresante para a construção social deles e, ter uma medida corretiva.
    Faz brincadeira com que todos possam participar, ficar atenta nos recreios etc.
    Foi uma fase muito dificil, reclamava frequentemente na escola, (acho que fui tonta por deixar ele lá mas graças a Deus passou).
    Tente wm primeiro momento estar conversando na escola.
    Imponha que ela esteja negligenciando este tipo de atitude (que ela não deixem isto acontecer)

  4. Vivi muito isto na antiga escola do meu filho.
    Hoje ele já esta em outra escola e, o aspecto mudou, ele tem muitos amigos e sempre esta incluso nas brincadeiras,
    Não consigo entender como as crianças adquirem isto ao perfil (obs: acredito mesmo que ela não decidem ser assim sozinha ) acredito que é uma influencia dos PAIS, ESCOLAS e outros fatores.
    Foi a conclusão que consegui chegar com o Pablo.
    Acho que as professorar devem notar isto como algo que não é interresante para a construção social deles e, ter uma medida corretiva.
    Faz brincadeira com que todos possam participar, ficar atenta nos recreios etc.
    Foi uma fase muito dificil, eu reclamava frequentemente na escola, (acho que fui ”tonta” por deixar ele lá mas graças a Deus passou).
    Tente em primeiro momento estar conversando na escola.
    Imponha à escola, que ela esteja negligenciando este tipo de atitude (que ela não deixem isto acontecer)

  5. Parabéns por abordar o tema amiga. Muito se fala em exclusão mas ninguém quer se expor. Mais uma vez eu volto no que sempre digo: a sociedade diz que temos que ser diferente, que temos que nos destacar para fazer a diferença, mas se não somos iguais pronto, somos excluidos.

  6. Michele Gobbato

    Complicado mesmo, é como falo aqui pro Gui, nem sempre vamos ser amigos de todos, vamos temos que ter respeito e uma boa convivência.
    E nesse caso iria conversar com a coordenação da escola para tomarem uma atitude.

    Bjs Mi Gobbato

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén